Categories
DICAS VAPE

Cigarro eletrônico: preços, tipos e custo-benefício, saiba como escolher!

Com a popularização cada vez maior dos vapes no Brasil, a procura por informações de tipos e preço de cigarro eletrônico aumentou significativamente nos últimos tempos e é sempre muito importante levar alguns fatores em consideração antes de escolher qualquer modelo.

Afinal, trata-se de um acessório eletrônico e, portanto, a ideia é o que mesmo funcione como o esperado e dure por um bom tempo, ainda que seja necessário investir mais um pouco.

Sendo assim, como bons entendedores no assunto e sempre trazendo dicas legais do universo vaper, nós resolvemos preparar um post com informações completas sobre tipos, custos e preço de cigarros eletrônicos no Brasil. Vamos conferir?

Afinal, cigarro eletrônico é tudo igual?

Definitivamente, não! Para quem está começando no vapor ou apenas já conhece de longe a prática, pode achar que existe apenas uma modelo de e-cigarro e a única coisa que muda seria o design dos aparelhos. Porém, não é bem assim!

Existem diferentes tipos de cigarros eletrônicos no mercado, de descartáveis até os mais completos e robustos. Para exemplificar melhor, separamos uma lista com os 3 principais modelos disponíveis e que costuma ser utilizados pelos vapers do mundo todo. Confere aí!

Cigalike (descartáveis)

Chamado também de cigalike, esse tipo normalmente tem o mesmo formato de um cigarro convencional e é considerado o “pai” dos cigarros eletrônicos, já que está no mercado faz tempo e a ideia era de se assemelhar, ao máximo, ao estilo original, com direito a cor de filtro e a luz na ponta, imitando a combustão.

Os cartuchos descartáveis são vendidos prontos e a durabilidade é bem menor do que os modelos mais modernos, o que fez o cigalike cair em desuso ao longo do tempo. Além disso, a maior parte deles não permite o reabastecimento com e-liquids, o que perde um pouco a graça.

Cigarro eletrônico Ego (canetinha)

Outro tipo de cigarro eletrônico é o chamado Ego, ou popularmente conhecido como canetinha, devido a sua aparência com o objeto. Com capacidade maior do que o anterior, esse e-cigarro também é velho conhecido dos vapers pela praticidade e pela possibilidade de reabastecer os juices.

Com um design simples e fácil de usar, os Egos podem ser indicados aos iniciantes pela questão do custo baixo em relação aos mais avançados e, consequentemente, mais caros. O aparelho é mediano para se adaptar à prática de vaporização e conta com uma durabilidade razoável, no qual os cartuchos podem durar até dois dias de uso.

Vale a pena comprar uma canetinha Ego? Não! A época de ouro deste aparelho já passou e definitivamente não é um bom investimento.

Cigarro eletrônico Mod (intermediário e avançado)

Agora, sim, estamos falando de vapes… digamos, mais profissionais! Com mais capacidade e até mesmo funcionalidades diferentes, os Mods são aqueles e-cigs maiores e mais robustos, quase sempre com uma aparência retangular.

Na maior parte desses e-cigarros, os compartimentos (leia-se: atomizador / atty / atomizer / tank / tanque) para os juices são bem semelhantes aos clearomizers do e-cig-ego e podem ser reabastecidos todas as vezes que achar necessário.

Entre algumas das principais diferenças desse tipo de cigarro eletrônico estão funcionalidades extras de marcadores, controles de temperatura e potência.

Cigarro eletrônico Pod System (Iniciante: Esse vai te tirar do cigarro!).

Chega a ser quase um milagre! Trata-se de um aparelho pequeno, leve, recarregável, barato e muito eficiente. Normalmente é o primeiro contato nessa prática. Seja comprando para experimentar ou emprestado de algum amigo para conhecer. Por se tratar de um aparelho que imita a tragada do cigarro (tragada MTL), os usuários não passam por grandes dificuldades para se acostumarem. Os juices para este aparelho são diferenciados, são desenvolvidos numa composição menos densa de 50/50 (50% glicerina vegetal / 50% propilenoglicol). Neste aparelho os juices com alto teor de nicotina são totalmente apropriados, ou seja, 9mg, 12mg por ml de nicotina freebase. Mas para quem deseja 35mg ou até mesmo 50mg de nicotina nicsalt também é possível. O que muda de um mg para o outro é a saciedade. Quanto maior o mg/ml, maior será a saciedade. A marca de juices Saci Vape e Br Jokers é especialista nesse ramo.

Pod Descartável (Uma desgraça social e ambiental)

Infelizmente criaram um aparelho tudo em um descartável para esse ramo. Barato, nicotina em excesso, sabores atraentes e disponível em qualquer esquina.
Estão fazendo desse descartável como um aparelho socializador, onde pessoas que até então não eram fumantes estão experimentando e viciando-se imediatamente. Se não bastasse essas pessoas estarem entrando num vício desnecessário, fazem o descarte do pod descartável em qualquer lugar, poluindo a natureza com baterias, plásticos, metais e líquidos tóxicos. Pessoas inteligentes que realmente precisam da nicotina, fazem a compra de um pod system recarregável e seus respectivos juices. Além de durar infinitamente mais, o preço de um kit sai quase o mesmo preço de um descartável. Então por que existe o descartável? A resposta é simples: Para os impulsivos, sem informações e desesperados por atenção!

E qual o preço de um cigarro eletrônico?

Com a popularidade em alta desses produtos, já é possível encontrar um pouco de tudo no mercado. A internet está lotada de ofertas e até mesmo os camelôs de rua já fazem uma renda extra com esse tipo de acessório. Mas, como qualquer outro aparelho eletrônico, não dá para escolher às cegas, concorda?

Por isso, o indicado é pesquisar sempre em lojas especializadas e avaliar os modelos das principais marcas de referência.

Em uma média geral, podemos considerar os seguintes preços normais para os vapes:

  • modelos tipo Ego — entre R$ 59 a R$ 130; – Não compre!
  • modelos de Mod Kits (MOD + Atomizador) — entre R$ 199 à “o céu é o limite”. Um bom kit ficaria na faixa de R$ 500.
  • modelos de Mod (Apenas o aparelho, sem o atomizador) — entre R$ 199 à “o céu é o limite”
  • modelos de atomizador — entre R$ 140 à R$ 600. Os mais conhecidos estão na faixa de R$ 250.
  • modelos de Pod System — entre R$ 70 à R$ 600. A maioria dos bons, ficam numa média de R$ 200.
  • modelos de Pod descartável – Entre R$40 à R$150. Isso sim é rasgar dinheiro.

Seria impossível falar sobre modelos de cada um, pois existem milhares (literalmente). Cada um com as suas especificidades. Mas falar de marca, ai já dá para citar algumas. Como por exemplo: VaporessoSmokIjoyGeekVapeWotofo e entre outras.

Qual a vida útil da bateria do cigarro eletrônico?

Depois de saber o preço médio do cigarro eletrônico no Brasil, algumas variáveis vão fazer diferença na sua decisão e uma delas é a durabilidade da bateria. Pode até não ser uma regra, mas normalmente, quanto mais elevado o preço, a tendência é de maior qualidade do produto também.

Tudo vai depender do modelo, da marca e da forma de uso. Em geral, a vida útil da bateria de um cigarro eletrônica segue um padrão. As baterias de 900mAh duram aproximadamente 800 puffs, enquanto as de 650 aguentam bem até 400 puffs. Já as maiores, de 1100 mAh, por exemplo, seguram cerca de 1000 puffs de boa. Mas não se preocupe, esses aparelhos são recarregáveis. Uma coisa é certa, tudo vai depender da potência em que se vapora. Esse assunto vale um novos post. Em breve traremos o assunto com mais detalhes.

Vale destacar que são apenas estimativas e uma média geral. Além disso, os cuidados com o aparelho, o seu uso correto e as orientações do fabricante podem contribuir para o aumento dessa durabilidade.

Quais tipos de cargas (essências) se colocam no cigarro eletrônico?

Com exceção dos cigalikes, os demais modelos podem ser reabastecidos com o e-liquid (juice) de sua preferência. Apesar de o preço do cigarro eletrônico Mod, Pod ou até mesmo as canetinhas ser um pouco mais elevado, essa vantagem do reabastecimento contínuo acaba trazendo vantagem para os usuários, inclusive, permitindo economias muito superiores até mesmo em relação aos cigarros convencionais.

Há uma infinidade de juices disponíveis no mercado hoje, o que já inclui produtos 100% nacionais e de altíssima qualidade. Um dos benefícios para quem está começando no universo vape é também a possibilidade de encontrar e-liquids sem nicotina, o que ajuda, por exemplo, a abandonar o vício do tabagismo e proporcionar um hábito muito mais prazeroso e com menos danos à saúde. O importante mesmo é abandonar o cigarro tradicional, esse sim vai matar com as mais de 4700 substâncias conhecidas!

Além de existirem receitas para você criar seu próprio e-liquid, há sites especializados oferecendo juices incríveis e dos mais variados aromas, de café a chiclete, manga a frutas vermelhas e, até mesmo, sabores exóticos do tipo flores e cactos. Sabia disso?

Em resumo, essas foram algumas dicas úteis para quem está começando a pesquisar sobre vape e quer encontrar os melhores aparelhos no mercado. Como dissemos, o preço do cigarro eletrônico no Brasil já está muito mais acessível e conta com modelos variados. O mesmo vale para os acessórios e os juices, que contam com fabricantes nacionais e que estão superando até mesmo as velhas marcas conhecidas gringas.

Prova disso, é a Saci Vape, fabricante brazuca dos melhores juices para cigarro eletrônico no Brasil, com e-liquids de todos os tipos, bolsos e gostos. Quer conferir e vaporizar com mais qualidade? Então, corre lá no nosso catálogo e escolha o sabor que mais combina com você.

Leave a Reply

Your email address will not be published.